O dia em que 40 mil pessoas viram o sol ziguezaguear no céu!


Era dia 13 de outubro de 1917 quando um fenômeno nunca visto aconteceu com o Sol. Por recomendação de 3 crianças que afirmavam ter presenciado visitas da Virgem Maria, mais de 40 mil pessoas se reuniram na cidade de Fátima em Portugal, a espera de um sinal.

Essas crianças tinham dezenas de mensagens da Virgem Maria que deviam ser enviadas à igreja e aos fiéis, mas pelo fato de elas serem novas as pessoas não acreditavam. Esse sinal serviria justamente para mostrar a todos que os recados enviados eram verídicos.

Portanto, ao meio-dia do dia 13 de outubro, em meio a uma chuva torrencial, céticos e crentes se reuniram numa pequena formação rochosa chamada Cova da Iria para esperar. E, então, o milagre aconteceu! A chuva parou, as nuvens se abriram e um grande Sol, diferente de qualquer outro já visto, apareceu.

Segundo o jornalista Avelino de Almeida, no seu texto publicado dois dias depois do acontecimento, no jornal O Século, “o sol lembrou uma placa de prata fosca e foi possível fitar-lhe o disco sem o mínimo esforço. Não queimou, não cegou”. Ele ainda escreveu no jornal “o Sol teve nunca vistos movimentos bruscos fora de todas as leis cósmicas, o Sol bailou”. Isso mesmo. Segundo o jornalista, o sol se moveu.


As crianças que relataram as mensagens da santa disseram ter visto dentro do astro a Virgem Maria, São José e Jesus Cristo. Apesar de os outros presentes não terem visto nada disso, todos foram praticamente unânimes em dizer que o que acontecia naquele momento não era a aparição do Sol, mas sim de um disco brilhante que bloqueava a estrela.

Uma série de estudiosos tentaram explicar o que havia acontecido, e alucinações coletivas foram levantadas como hipótese. Porém, pessoas que estavam muito distantes da Cora da Iria, também relataram ter visto o Milagre do Sol.

Uma série de livros sobre Nossa Senhora relataram esse ocorrido de forma poética e religiosa. Um deles, chamado God and the Sun at Fatima, é mais cético e diz que tudo isso não se passou de um evento metereológico natural. “O milagre foi que ele aconteceu exatamente na hora em que foi predito por Nossa Senhora”, diz o autor Stanley Jaki.

Via: [ Mundo Pocket ]
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »