Você sabe de onde vem o medo do número 13?


Você sabe por que muitas pessoas têm medo do número 13? Essa superstição já é bem antiga, e é inclusive considerado fobia, recebendo o nome de triscaidecafobia, mas é difícil dizer quando esse medo começou exatamente. Algumas histórias trazem citações sobre o número treze e sobre a sexta-feira 13. Um mito conta que Frigga, a deusa do amor e da fertilidade para os nórdicos e germânicos, foi exilada nas montanhas após o seu povo ter se convertido ao cristianismo.  Distante da cidade, era considerada bruxa e se reunia toda sexta-feira com mais outras 12 feiticeiras para realizar maldições.

Na Inglaterra, sexta-feira 13 virou uma data de azar quando o Rei Harold II não ouviu os seus conselheiros e liderou um exército na Batalha de Hastings. Como todos estavam cansados e há dias sem dormir, obviamente perderam. Harold e grande parte dos combatentes morreram, e os que ficaram vivos propagaram que a data teria dado azar.

Também na Inglaterra, as sextas-feiras eram conhecidas oficialmente como o dia das mortes em praça pública. A pessoa que seria enforcada precisava subir 13 degraus até o local da execução. Além disso, eram necessários 13 movimentos para que o nó da forca ficasse perfeito.


Independente da origem, tem muita gente que fica com um pé atrás em relação ao número. Nos Estados Unidos e no Canadá existe uma série de prédios e hospitais que simplesmente não têm salas nem andarem com o número 13. Já em Londres, o restaurante do Hotel Savoy não aceita que treze pessoas se sentem para jantar (quando alguém faz uma reserva para essa quantidade de gente o hotel coloca um lugar a mais, que é ocupado por uma estátua de gato).

Fonte: [ Mundo Pocket ]

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »