O que os líderes mundiais mais importantes faziam em seus 20 anos?

É no mínimo curioso imaginar o que grandes personalidades da política atual, verdadeiros líderes do mundo, estavam fazendo em seus 20 e poucos anos. Veja:

1 – Barack Obama, presidente dos Estados Unidos


Depois da graduação em Ciência Política na Universidade da Columbia, em 1983, Obama se mudou para Chicago, onde, supostamente, ajudou a reconstruir uma comunidade de baixa renda. Antes de se matricular na Escola de Direito de Harvard, Obama preferiu entrar em contato com a espiritualidade e fez algumas viagens, iinclusiveao Quênia, país onde possui parentes. Alguns relatos dizem que ele usou algumas drogas, como maconha e cocaína, para descobrir quem ele realmente é, porém isso foi antes dos 20 anos.

2 – Vladmir Putin, presidente da Rússia


Putin desejava trabalhar no Departamento de Inteligência antes mesmo de terminar a universidade. Depois de obter um diploma no Departamento de Direito da Universidade Estadual de Leningrad, ele trabalhou em agências de segurança do Estado. Ele exerceu diversos cargos nessas agências e quando começou a trabalhar na divisão de contraespionagem, oficiais de inteligência estrangeiros começaram a observá-lo.

No total, Putin passou mais de uma década trabalhando como oficial de inteligência, tudo logo depois de se graduar. Não há muitas informações sobre o passado pessoal de Putin, porém é sabido que durante os tempos de faculdade, ele praticava judô regularmente.

3 – Angela Merkel, chanceler alemã


Com seus 20 e poucos anos, Merkel conheceu o seu primeiro marido, Ulrich, na Universidade de Leipzig, em 1974. Eles se casaram três anos depois de ela obter o seu diploma em física. Angela trabalhou como garçonete e viveu com o marido em um apartamento de 100 metros quadrados. De acordo com relatos de pessoas que a conheciam na época, o seu drink favorito era suco de cereja com vodka.

4 – Bashar al-Assad, presidente da Síria


No início dos seus 20 anos, Assad passou bastante tempo estudando medicina na Universidade de Damasco – instituição em que ele se graduou em 1988. Curiosamente, ele não tinha interesse em se envolver na política. O seu irmão mais velho, Bassel, foi quem assumiu o cargo do pai, o ex-presidente Hafez al-Assad. Depois que Bassel morreu tragicamente em um acidente de carro, Bashar virou o sucessor legítimo do pai. Antes de tudo isso ocorrer, Assad atuou como médico do exército em Damasco e se mudou para Londres posteriormente, sem intenção de voltar à Síria tão rapidamente – o que mudou com a morte do irmão.

5 – Benjamin Netanyahu, primeiro ministro de Israel


Benjamin entrou no exército israelense antes mesmo de completar 20 anos e serviu nas Forças Defensivas de Israel. Ele participou de diversas operações notáveis, como no caso conhecido como “Operação Istope”. Netanyahu passou o resto de seus 20 e poucos anos nos Estados Unidos, onde estudou arquitetura e administração de negócios no MIT.

6 – David Cameron, primeiro ministro do Reino Unido


Depois de se graduar na Universidade Brasenose, em Oxford, Cameron passou os próximos cinco anos trabalhando como pesquisador no departamento do Partido Conservador.

Apesar de ter sido considerado um jovem talentoso e esforçado e ter obtido um diploma com excelentes notas, Cameron foi membro do clube Bullingdon nos tempos de universidade, um grupo que é caracterizado pelo exagero de bebidas e comportamento inadequado, como vandalizar restaurantes e bagunçar quartos de estudantes. Cameron jamais falou publicamente sobre os tempos em que foi membro desse clube.

7 – Kim Jong-un, líder supremo da Coreia do Norte


Muito dos tempos juvenis de Jong-un permanecem um mistério – até mesmo a data de nascimento, que oficialmente é 1982, porém algumas pessoas acreditam que é outro ano. Ele frequentou a Universidade Militar Kim II-sung e já começou a acompanhar os feitos de seu pai nos aspectos militares, Kim Jong-il, então no poder. Quando o pai teve problemas de saúde, Jong-un foi automaticamente promovido a general de quatro estrelas.

Um fato curioso e no mínimo bizarro é que Kim Jong-un era fanático pelo time de basquete Chicago Bulls quando jovem e pôde conhecer o jogador Dennis Rodman quando ele fez uma viagem à Coreia do Norte.

8 – Xi Jinping, secretário geral do Partido Comunista da China


Xi Jinping é filho de Xi Zhongxun, um dos principais fundadores do Partido Comunista Chinês. Ele passou o seu tempo como jovem trabalhando na aldeia remota de Liangjiahe, que é o que os considerados “jovens intelectuais” faziam na época. Durante esse tempo, ele supostamente viveu em uma caverna e aprendeu habilidades camponesas. Depois desse período, Jinping foi estudar engenharia química na Universidade de Tsingua, em Pequim – ele também se formou em teoria marxista e educação ideológica.

9 – Dilma Rousseff, presidente do Brasil.


Dilma Rousseff aos 20 anos era guerrilheira e estava enfrentando um tribunal militar depois que ela foi presa apoiando a Revolução Cubana, comandava o Comando de Libertação Nacional (COLINA), uma organização guerrilheira brasileira de esquerda cujo objetivo era instalação de um regime totalitário de inspiração soviética no país. O Colina ficou conhecido por se envolver em uma tentativa de assassinato do capitão boliviano Gary Prado, divulgado como o oficial que teria capturado e executado o líder da revolução cubana Che Guevara na Bolívia. Por ser contra a ditadura, Dilma passou três anos em uma prisão militar, onde foi impiedosamente torturada.

Fontes: [ Mundo Pocket/Mega Curioso ]
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »