12 provas de que a decapitação do jornalista no Iraque foi uma farsa!


Depois da decapitação do jornalista Americado James Foley no Iraque pelo Estado Islâmico, a internet já fervilha de inúmeras teorias de que a decapitação teria sido uma farsa montada com o fim de defender uma guerra futura e convencer o público dos EUA a apoia-la.

Selecionamos nesta lista alguns “argumentos” mais usados para tentar desqualificar a ação ou dar a ela outro sentido.

1 - O assassino não começou seu discurso com “Bismillah Rahmani Rahim”.

2 - Não há bandeira preta no vídeo.

3 - Foley esta muito tranquilo para alguém que sabe que ele está prestes a ter sua cabeça cortada.

4 - Não há o grito de “Allahu akbar”.

5 - “o assassino” tem um sotaque de Londres, que tem a maior população judaica do Reino Unido.

6 - Foley foi marginalizado como um ativo da CIA pelo ex-agente da inteligência Scott Rickard o que explica por que ele continua aparecendo na guerra do poder americano.

7 - Sua família não parecia abatida com a notícia de sua morte em suas entrevistas na TV.

8 - Quando o ISIS foi tímido sobre mostrar a decapitação real de suas vítimas?.

9 - A estrutura óssea facial da cabeça “decapitada” é diferente da de Foley, enquanto estava vivo.

10 - Quando o ISIS usou gráficos e efeitos de áudio tão bons em seus vídeos?

11 - Lembre-se que Foley foi capturado e libertado por Gadaffi, e em seguida, “perdeu-se” na Síria e o governo dos Estados Unidos passou os últimos meses exigindo que Assad o entregasse. Agora nós devemos acreditar que Assad deu ele ao ISIS?

12 - O traje laranja. Traje laranja em uma aldeia na zona de guerra! Nada estranho? Onde o ISIS conseguiria um macacão estilo brilhante laranja das prisões norte-americanas? Parece ser um vídeo perfeito para surpreender o público americano, e levar todos a concordam com outra guerra.

Avisamos que até agora, nada foi comprovado, tudo o que foi citado acima são apenas suposições. Os únicos fatos concretos, são a influência dos EUA para o fortalecimento do Estado Islâmico e que todas as suas ações parecem legitimar uma futura ação estadounidense em larga escala na região.

E você, leitor, qual é a sua opinião sobre esta possível “farsa” ? Compartilhe conosco abaixo nos comentários.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »