Krokodil: a droga que literalmente apodrece o usuário ainda vivo

Atenção: se for sensível a conteúdo gráfico não prossiga!



Muitos já devem ter ouvido falar sobre a Krokodil ou Permonid, uma droga russa fabricada a partir da desomorfina. Esta droga não é apenas a pior droga que uma pessoa poderia usar, ela é também capaz de apodrecer uma pessoa ainda vida (literalmente). É considerada, atualmente, como a mais devastadora de todas as drogas.

A desomorfina, assim como a morfina e heroína, é um derivado do ópio, que produz fortes ações de insensibilidade a dor e são usados para fins medicinais na terapia da dor crônica e aguda de alta intensidade. Doses elevadas causam euforia, estados hipnóticos e dependência. A desomorfina é de 8 a 10 vezes mais potente que a morfina, trata-se de um opiáceo sintético com estrutura quase idêntica a heroína, mas é muito mais barata.


O uso da krokodil  como droga recreativa surgiu em 1992 e seus efeitos colaterais são extremamente bizarros. O usuário desenvolve como primeiros sintomas uma pele de tom esverdeado e cheio de escamas. A partir daí o corpo já fica tomado por total dependência e infelizmente, as chances de reabilitação  são quase inexistentes.


Esta droga também tem um dos sintomas mais assustadores já vistos: causa necrose no local onde é aplicada, expondo ossos e músculos. Assim que recebe a primeira aplicação, a droga causa uma forte irritação no ponto da injeção e logo os tecidos rapidamente necrosam naquela região.

Somente a sua remoção total pode controlar a contaminação dos tecidos ainda vivos e na maioria dos casos, somente a amputação pode ajudar na cura física. A ação devastadora nos tecidos se dá devido a substâncias como o iodo e o fósforo que também fazem parte da fórmula. As estatísticas são assustadoras: 99% dos usuários de krokodil morrem poucas semanas após o primeiro uso.



Este vídeo mostra uma moça com um dos primeiros sintomas da krokodil. Total desorientação e comportamento zumbi. Muito triste!


Lembre-se: Não existe “droga fraca”, “droga ruim” e “droga pior”. Todas as drogas podem levar a morte, algumas demoram um pouco mais e outras já matam quase instantaneamente (como a krokodil). Mas no final, o resultado é o mesmo!

Atenção: As imagens apresentadas abaixo, são as que representam os efeitos da krokodil de forma mais leve possível. Se você tem resistência a imagens fortes, pode digitar “krokodil” em seu site de busca preferido. Boa sorte!

Fontes: [ Diário de Biologia/Wikipédia ]
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »