Por que alguns medicamentos devem ser evitados em casos de suspeita de dengue?


Você já deve ter visto nos comerciais de TV, propagandas de remédios e no final eles sempre adverte que se a pessoa estiver com suspeita de Dengue é melhor não tomar o medicamento.

Alguns medicamentos, principalmente a Aspirina (ácido acetilsalicílico) associada deve ser evitados se a pessoa estiver com suspeita de Dengue.

Todos nós sabemos que  o vírus da Dengue diminui a produção das plaquetas no sangue que são responsáveis pela coagulação. O ácido acetilsalicílico funciona no organismo como um anticoagulante e o seu uso durante a Dengue poderiam desencadear uma hemorragia e até levar a morte, dependendo da gravidade do caso.

As plaquetas (responsáveis pela coagulação do sangue) se agregam para tal em resposta a liberação de uma substância chamada tromboxano A2. Quando tomamos medicamentos que contém o ácido acetilsalicílico, ele inibe a produção de tromboxano A2, resultando na diminuição da tendência de agregação plaquetar. Isso faz com que funcione como um anticoagulante. Ele pode causar lesões na mucosa gástrica, atrapalhar o diagnóstico da doença e pode causar hemorragias e acidose na maioria dos casos.

Alguns dos principais remédios que não devem ser usados quando houver suspeita da dengue são: AAS, Analgesin, Aspirina, Aspirina C Efervescente, Benegrip, Bufferin, Cafiaspirina, Cibalena A, Doril, Engov, Melhoral C,  Melhoral Infantil, Sinutab, entre outros. Um bom substituto nesses casos seria o medicamento a base de Dipirona ou Paracetamol. Mas cuidado! É preciso ler a bula para ter certeza!

Fonte: [ Diário de Biologia ]
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »