Entenda o comportamento dos gatos

Comparado com cachorros, gatos tem jeitos bem diferentes de demonstrar seu carinho e afeição por humanos. Para nós é muito mais fácil de entender o comportamento canino, porque a linguagem corporal, aparentemente, é mais clara para nós. Os gatos possuem uma certa quantidade de lidar e agradar, então é importante entendermos cada detalhe do seu comportamento

Rolando de costas: geralmente gatos ficam nessa posição quando estão se sentindo extremamente confortáveis com a sua presença. Também pode significar que ele está querendo chamar sua atenção para uma brincadeira.


Piscando os olhos: quando piscam lentamente, há quem diga que estão te “beijando com os olhos”. Piscadelas rápidas indicam contentamento.


Bumbum levantado de lado: se essa posição for feita junto com leves cabeçadinhas em você, ele está te dando um “Oi” super afetivo.


Dormindo em posição de bola: gatos são animais que retém muito calor, então essa posição é para manter a temperatura do seu corpo.


Afofando: ainda pequenos, o ato de afofar a mãe estimula a produção de leite. Especialistas dizem que, depois de adultos, esse comportamento é uma espécie de nostalgia. Sempre que seu gato amassar pãozinho em você, sinta-se especial, porque eles só fazem isso em quem confiam!



Sentado em formato de pão: essa posição conserva a temperatura do corpo, além de fazer com que o gato se sinta seguro.



Yoga felino: é só mais uma das posições estranhas que gatos fazem para manter sua higiene pessoal em dia.


Barriga pra cima: se sentir seguro é muito importante para um gato. Quando ele fica de barriga para cima, está demonstrando sua vulnerabilidade e praticamente dizendo “ei, eu confio em você!”


Cadê?: gatos são ótimos ninjas! Vira e mexe eles se escondem pela casa, mas não é nada para temer, eles querem apenas tirar um cochilo sossegado.


Olhando para o nada: esqueça a história de que gatos podem ver espíritos, só porque às vezes ficam olhando para o nada como se estivesse visto alguma coisa que, provavelmente, te assustaria. Como eles têm a audição, olfato e visão super aguçados, podem estar observando uma mosca ou uma poeira.


Mordidas de amor: há mordiscadinhas de afeto e mordidas de euforia. Quando eu um gato teima em te morder na orelha, por exemplo, é porque ele está querendo dizer “Cara, você é demais”. Quando mordem enquanto brincam, é só o jeitinho de se expressar. Gatos normalmente não sabem brincar sem apelar.


Sentar no seu notebook, no seu colo, no modem: eles adoram ficar quentinhos, quer lugares melhores que esses? Gatos também são os reis da casa, portanto acham que podem se instalar em qualquer lugar que está tudo bem.


Balançando o bumbum pra cima: 3, 2, 1… atacar! essa é a posição para o ataque perfeito.


Fonte: [ Caixa Preta/O verso do inverso ]
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »