As mortes mais marcantes da história dos cinemas

A morte de um personagem por vezes é tão marcante que fica para sempre na nossa memória. Veja algumas das mais marcantes de filmes.


Mufasa | O Rei Leão (1994)

A clássica animação da Disney fala sobre a busca da nossa verdadeira identidade, sobre encontrar o seu próprio lugar no universo. A cena em que o Mufasa, o pai de Simba morre, é muita triste e também dramática. Afinal, Mufasa fez de tudo para salvar seu filho, e perdeu a sua vida, pela traição do seu próprio irmão.


Jack Dawson |Titanic (1997)

Com direção de James Cameron, Titanic ainda é considerado por muitos o melhor filme de todos os tempos. A cena em que Jack morre congelado enquanto Rose fica em cima de um pedaço de madeira, é considerada por muitas pessoas a parte mais triste e polêmica do filme. Jack fez de tudo para salvar Rose do naufrágio do navio, e no final acabou morrendo congelado e afundo para as profundezas do oceano.


Maggie Rice | Cidade dos Anjos (1997)

Este filme não fala somente ou simplesmente do amor entre um anjo (Seth) e uma humana (Maggie Rice). Ele fala sobre egoísmo, sacrifício e também um amor impossível de se esquecer. No final do filme, parecia que teríamos um final feliz para os protagonistas, mas a morte de Maggie acaba nos surpreendendo. Quando o filme termina, a mensagem que fica na nossa mente é que quando o verdadeiro amor é alcançado, nenhum sacrifício é grande demais.


King Kong | King Kong (1933)

O gorila mais famoso do cinema teve um fim trágico no topo do Empire State, em Nova York. Atormentado e ferido pelos aviões, ele luta até o fim, mas cai e morre. Tanto o filme original quanto a mais recente versão do longa, consegue emocionar a todos com esta cena.  Afinal é muito triste ver um animal raro retirado de seu habitat para virar atração de circo e depois morrer, após um luta tão desigual.


Harry S. Stamper | Armageddon (1998)

É um filme pipoca, produzido para levar a família inteira ao cinema, mas ainda assim tem uma historia emocionante.  No filme, a NASA, alerta ao mundo que a nosso planeta tem apenas 18 dias antes de ser atingido por asteroide. A solução para a salvação da Terra é enviar uma equipe de perfuradores de petróleo para a superfície do asteroide e colocar em seu interior uma carga nuclear capaz de explodi-lo. A cena em que Harry tem que ficar para trás é, definitivamente, uma montanha-russa de sentimentos. Ele simplesmente morre para salvar todos na Terra.


Jamie Sullivan | Um Amor para Recordar (2002)

O filme é história de adolescentes, mas é direcionada para todas as idades. No começo pode parecer que não é muito interessante, um romance de adolsescente (Landon) rebelde e garota (Jamie) tímida do colegial.  O que poderia ser um mais um filme romântico, acaba se tornando um belo clássico para os apaixonados. Jamie confessa a landon que tem leucemia. Os dois se casam e já no final do filme, ela morre.


Maggie Fitzgerald | Menina de Ouro (2004)

Este é um daqueles filmes que foi produzido com o intuito de fazer o público chorar. Afinal é impossível não se emocionar com o trágico de Maggie Fitzgerald. Menina de Ouro conta a história de um treinador de boxe, busca ajudar uma amadora a alcançar o seu sonho de se tornar uma  profissional de sucesso.


Thomas J. Sennett | Meu Primeiro Amor (1991)

Apesar de Meu Primeiro Amor ter sido produzido para as crianças, o filme tem uma história de amor inocente, mas com um final muito triste. É impossível não se emocionar com a história de Thomas. Ele tem alergia, e acaba morrendo ao ser picado por abelhas, e assim Vada acaba perdendo aos 11 anos de idade o seu primeiro amor.

Fonte: [ Papel Nerd ]
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »