10 curiosidades que você provavelmente não sabia sobre a dengue


Todos sabem que a dengue pode matar, caso não seja tratada com a devida importância. Por isso, é sempre bom conhecer um pouco mais sobre ela. Veja 10 curiosidades sobre a dengue e esteja atento a esta doença.

1 – O ovo do mosquito transmissor pode sobreviver até 450 dias, mesmo se o local onde foi depositado estiver seco. Se esta área receber água limpa novamente, o ovo ficará ativo e pode atingir a fase adulta em 2 a 3 dias

2 – Somente a fêmea do Aedes aegypti é que pica os humanos porque ela necessita de sangue para amadurecer seus ovos e continuar seu ciclo de vida

3 – Aliás, a fêmea do mosquito vive cerca de 30 a 45 dias e, nesse período, pode contaminar até 300 pessoas!

4 – A temperatura ideal para o mosquito procriar está entre 260C e 280C. Qualquer temperatura inferior a 180C o coloca fora de ação. Em temperaturas superiores a 420C o mosquito não sobrevive. 

5 – Qualquer tipo de inseticida mata o mosquito, mas o produto somente atua na forma adulta do Aedes e seu efeito residual dura poucos minutos. Por isso, para acabar de fato com a dengue é preciso eliminar os ovos, impedindo que nasçam novas larvas

6 – Nem todo mosquito Aedes aegypti transmite a dengue: somente aqueles infectados e que contraíram o vírus da doença

7 – Como existem quatro tipos de dengue registrados no Brasil, não foi ainda possível desenvolver uma vacina única capaz de imunizar contra todos os tipos da doença: uma vacina criada para a dengue 1 não imuniza automaticamente para a dengue 2, 3 ou 4

8 – O mesmo mosquito que transmite a dengue clássica transmite a dengue hemorrágica. Mais: qualquer um dos 4 tipos pode causar a versão hemorrágica

9 – Quem já contraiu a dengue e foi tratado corretamente, não fica com nenhuma sequela ou complicação de saúde. A recuperação costuma ser total, embora com a dengue hemorrágica os primeiros cuidados médicos devam ser mais específicos

10 – Medicamentos que possuem ácido acetilsalicílico na sua composição (como aspirina, AAS e Melhoral) devem ser evitados porque podem causar sangramentos

Fontes: [ Medicinia ]
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »