Por que a pele fica bronzeada no sol?


Nenhuma reação do nosso corpo é desencadeada sem uma razão de ser. O bronzeado, nada mais é do que uma reação do nosso organismo para proteger a pele contra a radiação ultravioleta que vem do sol. Tal radiação, pode danificar os tecidos da nossa pele na forma de uma queimadura de sol, ou até mesmo um câncer, em longo prazo. Assim, os bronzeados são escudos naturais!

A exposição aos raios solares, sobretudo os ultravioleta, faz com que nossos melanócitos (células da camada basal da pele) passem a produzir um pigmento chamado melanina, que escurece por oxidação.

Quando ficamos muito tempo expostos aos raios solares, tais células vão migrar para a superfície da pele e para proteger contra os raios ultravioleta, produzem mais melanina que causa o escurecimento da pele característico do bronzeado. O pigmento absorve a radiação ultravioleta e protege contra a sua penetração nos tecidos da pele. Algumas pessoas possuem uma tendência maior a produção de melanina e mais rápido, enquanto outras, o organismo tem mais dificuldade de desencadear este processo.

Mas a melanina não tem apenas a função de proteger contra o sol. Em outros animais melanina tem muita utilidade, ela absorve o calor, um elemento essencial para os organismos de sangue frio. Ela dá cores às penas de pássaros, escamas de peixe e tinta de lula, e ajuda a esconder animais de hábitos noturnos. A melanina absorve a luz no interior do olho para aguçar a visão noturna.


O bronzeado é causado pela produção de melanina ativada pelos raios solares!

Fontes: [ Diário de Biologia/Live Science ]
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »