Quantas pessoas foram necessárias para fazer a Muralha da China?


Estima-se que pelo menos 2 milhões de pessoas ajudaram na construção. Mas é praticamente impossível dar uma resposta exata pelo simples fato de que a obra demorou quase 2 mil anos, rolando em várias fases. "Certamente muitas gerações de trabalhadores foram usadas para erguer a Muralha", afirma o especialista em cultura chinesa Chen Tsung Jye, da Univesidade de São Paulo (USP). 

Com seus 7 300 quilômetros, a Grande Muralha é constituída de várias muralhas, construídas, restauradas e ampliadas por diferentes dinastias que governaram a China. O paredão nasceu antes mesmo da unificação do país: por volta do século 7 a.C., feudos que ficavam no atual território chinês ergueram sistemas defensivos para proteger seus domínios. Quando o primeiro imperador chinês, Qin Shin Huangdi, conquistou esses feudos e os unificou para formar o território chinês, as muralhas dispersas foram conectadas em uma única linha para defender a China das invasões dos mongóis. 

Durante os 276 anos da dinastia Ming, entre 1368 e 1644, os muros passaram por um enorme processo de ampliação - a maior parte da Grande Muralha, que ainda pode ser vista hoje, é resultado das obras desse período. Depois dessa época, o paredão passou por um longo período de decadência, que durou até 1980, quando o líder comunista Deng Xiaoping liderou a restauração do monumento. Em 1987, a Muralha foi declarada Patrimônio da Humanidade pela ONU, e hoje é um dos destinos turísticos mais procurados do Oriente.
Autor:

Vinicius Delmondes



Artigo:

Data: 07/09/2013
Mistérios Do Mundo
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »