O que é um derrame cerebral?


A hemorragia cerebral acontece quando uma artéria que irriga o cérebro se rompe. Essta descarga de sangue pode interromper a circulação normal do cérebro, de modo que pode levar a um acidente vascular cerebral, que ocorre quando uma parte do cérebro é  impedido de receber oxigênio, que pode causar danos ao cérebro, temporária ou permanente.

Os sintomas do derrame dependem da parte do cérebro atingida. Em alguns casos, a pessoa pode nem mesmo perceber que sofreu um derrame.

Os sintomas normalmente aparecem de repente, às vezes de forma episódica (ocorrem e param) ou vão piorando ao longo do tempo, podendo incluir:

- alteração no nível de consciência (sonolência, letargia, perda da consciência)
- dificuldade em engolir
- dificuldade em ler ou escrever
- náusea ou vômitos
- dificuldade repentina em andar, tonturas, perda do equilíbrio ou da coordenação
- fraqueza ou perda repentinas da sensibilidade do rosto, braço ou perna, normalmente em um único lado do corpo
- confusão mental repentina, dificuldade repentina em falar ou entender
- dificuldade repentina de enxergar, com um ou com ambos os olhos
- dor de cabeça repentina e severa, sem causa aparente

Apesar de, normalmente, a hemorragia cerebral ser resultado de um trauma (uma batida forte) na cabeça, é possível evitar derrames cerebrais se você seguir uma série de recomendações.

Não use drogas, já que a cocaína e as metannfetaminas aumentam o risco de hemorragia cerebral. Cigarros também fazem com que os riscos sejam maiores. De acordo com insitutos de pesquisa, 45% dos derrames cerebrais acontecem por causa de acidentes de carro que causam traumas cranianos. Então sempre use cinto de segurança e, se estiver em uma moto, capacete. 

Fontes: [ Live Science, HyperScience, Futuro Sob Medida ]
Autor:

Vinicius Delmondes



Artigo:

Data: 15/09/2013
Mistérios Do Mundo
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »