Foi descoberto novo elemento que seria, de acordo com cientista da Área 51, combustível para OVNIs


Cientistas da Universidade de Lund, na Suécia, anunciaram a descoberta de um novo elemento químico, segundo uma nota divulgada pela universidade.

Experimentos conduzidos na Alemanha reforçaram as evidências de que o elemento químico de número atômico 115 teria sido mesmo encontrado.

Os resultados confirmam medições anteriores, realizadas por um grupo de cientistas na Rússia, em 2004, que teriam “criado” um novo elemento através de um processo radioativo.

Mas o que isso tem a ver com a Ufologia?

Robert Lazar (ou Bob Lazar), alega ter trabalhado durante algum tempo (1988 a 1989) como físico numa área chamada S-4, perto de Groom Lake, no Nevada, próximo da “Área 51″, que servia como um esconderijo militar para o estudo dos discos voadores. O físico diz mesmo ter visto lá nove discos diferentes e também fornece detalhes sobre o modo de propulsão das naves, cuja energia é gerada duma forma desconhecida ainda pela nossa Ciência.

Robert Lazar administra uma companhia de suprimentos científicos em Albuquerque, Novo México, chamada de United Nuclear e alega ter mais de “250.000 clientes satisfeitos” incluindo escolas e cientistas amadores. Porém tem sido alvo de algumas críticas por parte de seus opositores que tentam desacreditá-lo, inclusive Stanton T. Friedman, um físico e pesquisador de OVNIs que questiona sua formação e afirma que a transição de Lazar da Escola Secundária onde andou mostra que ele terminou “em antepenúltimo” lugar na sua classe”, o que não quer dizer que seja “burro”, pois isso chamaram a Albert Einstein no seu tempo e ele se tornou no “Pai da Era Atómica” e da Teoria da Relatividade.

Lazar tem afirmado que o elemento 115 era sintetizado para funcionar como combustível propulsor em discos voadores.

Lazar, porém, questionava que o elemento 115 encontrado nas naves era composto com elementos de “formações estelares”, tornando o mesmo mais estável e permitindo que fosse utilizado como combustível.

Fontes: [ Nerdices ]
Autor:

Vinicius Delmondes



Artigo:

Data: 06/09/2013
Mistérios Do Mundo
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »